Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
Libras
Mapa do Site

Paraguaçu Paulista, quarta-feira, 07 de dezembro de 2022 Telefone (18) 3361-9100

Atendimento Atendimento: Atendimento ao público, de segunda-feira a sexta-feira, das 8 horas às 11 horas e das 13 horas às 16h30. 

Quar
07/12
Chuva
Máx 28 °C
Min 20 °C
Índice UV
14.0
Quin
08/12
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 19 °C
Índice UV
14.0
Sext
09/12
Parcialmente Nublado
Máx 31 °C
Min 20 °C
Índice UV
14.0
Sáb
10/12
Parcialmente Nublado
Máx 32 °C
Min 20 °C
Índice UV
14.0

Saúde - Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2022

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

É alto o número de infestação de mosquito Aedes Aegypti em Paraguaçu

Até o momento são 130 casos positivos


A luta tem sido constante, mas, ainda é alto o número de infestação de mosquito Aedes Aegypti no município de Paraguaçu Paulista. Desde o final do ano passado, os agentes de endemias vem promovendo ações de combate, bloqueio e eliminação de criadouros, além da utilização de inseticida nas áreas de transmissão. Mesmo com todo esse empenho, a quantidade de recipientes encontrados com larvas do mosquito transmissor da dengue nas residências é muito grande, e em locais mais variados. Isso tem chamado a atenção e preocupação das equipes de combate. Josué Campos Sena, coordenador da equipe de agentes de endemias, destaca que esse tem sido o grande problema no combate à dengue na cidade.

“As pessoas ainda não estão atentas com os quintais e dentro das residências. São esses locais onde estão concentrados os maiores números de focos. Por mais que o combate seja contínuo, ainda encontramos muitos locais com acúmulo de água como garrafas de vidro, vasos de plantas, tampinhas de garrafas, bebedouros de animais, ralos, até sacolas plásticas, folhas de árvores acumuladas nos quintais que podem acumular água já foram encontrados criadouros. Se a população não tiver consciência, se a população não estiver atenta, mesmo com todo empenho das equipes, não vamos conseguir vencer essa batalha” e completou “O trabalho precisa ser efetivo e coletivo, para isso convocamos a população a fazer a sua parte, recebendo os agentes em suas casas e que sigam as orientações de combate ao mosquito Aedes aegypti, passadas por esses profissionais”, destacou.

A cerca de duas semanas a equipe de agentes de endemias conta com o apoio dos agentes de saúde que têm ido a campo, realizando também o trabalho de combate casa a casa. Mesmo com todo esse esforço, os números mostram uma elevação semanal no número de suspeitos e positivos. Nesta terça-feira, dia 15, o município contabilizou desde o dia 01 de janeiro até o momento 415 notificações, sendo 130 positivos e 196 aguardando a liberação do resultado. Faça sua parte. Um mosquito não pode ser mais forte que você.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

3 Visualizações

Voltar para a listagem de notícias

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Versão do sistema: 2.0.0 - 02/12/2022

Portal atualizado em: 07/12/2022 13:06:28

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Paraguaçu Paulista - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.